Dona da voz do metrô de SP vive no litoral e conta truque de gravação

Dona da voz do metrô de SP vive no litoral e conta truque de gravação
Desde 2019, a radialista Juliana Veiga é a dona da voz dos avisos sonoros do metrô paulistano. Arquivo Pessoal/Reprodução Leia mais em: https://vejasp.abril.com.br/blog/terraco-paulistano/dona-da-voz-do-metro-de-sp-vive-no-litoral-e-trabalha-em-estudio-caseiro/

Horas de gravações e preparo vocal envolvem o trabalho da radialista Juliana Veiga,
42, atual dona da voz usada nos avisos sonoros do metrô de São Paulo. A paulistana foi
escolhida em 2019 pelo timbre grave e mais maduro que o das concorrentes.

As vozes passaram por etapas de teste, com funcionários ouvindo as preferências de
passageiros
”, conta. “Quem acompanha minha trajetória me reconheceu na hora. Já fiz
grandes campanhas, como a do slogan ‘Rexona não te abandona’, mas esse é meu
maior trabalho. São cerca de 4 milhões de pessoas circulando diariamente
.”

Outro projeto inusitado foi um comercial de leite de soja. “Eu tinha de interpretar a voz
de uma macaquinha e ficamos seis horas gravando duas frases! Até que falei ‘não
aguento mais’ e no final o cliente escolheu a terceira versão.

Hoje ela mora no Litoral Norte, onde produz um podcast e outros produtos para o
metrô em um estúdio caseiro. “É um negócio muito roots, mas funcional. Fico de
costas para o armário aberto, porque as roupas abafam o som, e só com isso acham que
estou em um estúdio profissional.

 

FONTE: Veja São Paulo