LUTO
Morre aos 71 anos de idade o radialista Luiz de França
07 de agosto de 2017 - segunda-feira











O radialista Luiz de França, que trabalhou durante quase 30 anos na Rádio Globo, morreu no dia 28 de julho, no Rio de Janeiro, aos 71 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória. O corpo do comunicador foi enterrado no sábado (29/08), às 13h, em Barbacena - MG, sua cidade natal.

Mineiro, foi em terras fluminenses que Luiz de França encantou o público com sua voz. Embora tenha tido passagens pela televisão, como a TV Tupi, foi no radialismo brasileiro que França se tornou figura conhecida.

O comunicador esteve nas principais redações de rádio do país e se notabilizou pelo trabalho de 28 anos na Rádio Globo, onde, em 1983, começou a apresentar o “Show da Noite". Na mesma casa, em 1987, assumiu a programação da tarde, substituindo Waldir Vieira. Ao longo da carreira, atuou ainda na rádio Tupi, e na Manchete.

Sobrinho do dono da rádio Petrópolis, Luiz de França desenvolveu desde pequeno seu amor pelo rádio. Contava saudoso sobre sua infância, quando levava para cama o rádio de pilha para ficar ouvindo. Aos 15 anos já fazia a narração de bailes de carnaval, em Barbacena, em um dos quais conheceu Maria da Penha, que viria a ser sua esposa e mãe de seus dois filhos. O talento e a paixão de menino o alçaram à carreira de radialista três anos após começar a fazer a cobertura dos bailes. Aos 18 anos, França venceu um concurso do programa “A grande chance”, comandado por Flávio Cavalcanti, e recebeu como prêmio a vaga de locutor da TV e da rádio Tupi.

Ao longo da carreira, Luiz de França ocupou também um dos postos mais reverenciados do jornalismo brasileiro, apresentando o famoso programa “Repórter Esso”, substituindo o apresentador titular Heron Domingues. França também participou de transmissões emblemáticas, como a chegada do homem à Lua. Após cerca de 50 anos de carreira, o radialista se aposentou na rádio Manchete em 2015.

Definido pela filha, Adriana França, como um grande “contador de causos”, o radialista deixa, além dela, o filho e radialista Luiz, conhecido como Francinha, e dois netos, Raphael e Amanda.


FONTE: O Globo