LUTO NO RÁDIO
Morre Michele Marino
05 de fevereiro de 2018 - segunda-feira

















A crônica esportiva paulista perdeu mais um personagem nesse final de semana. Faleceu na madrugada de sábado, dia 3 de fevereiro , em São Paulo, o jornalista Michele Marino (foto), vítima de um infarto.

Na década de 1980, Michele Marino foi um dos principais produtores do rádio esportivo da cidade de São Paulo trabalhando nas rádios Jovem Pan, Record e Globo. Em 1982, na Jovem Pan, foi o responsável pela ida de Garrincha aos estúdios da emissora paulistana, quando Mané concedeu histórica entrevista meses antes de sua morte.

Na Rádio Record, em 1985, participou de uma grande mudança no rádio, quando a Record contratou grandes nomes da crônica esportiva para enfrentar a então líder Rádio Globo que tinha como grande astro, Osmar Santos. Na Rádio Globo, Michele Marino trabalhou como gerente executivo da emissora.

Com a crise profissional na imprensa esportiva, Michele Marino estava afastado de suas atividades de jornalista e era dono um restaurante na Grande São Paulo. Seu último trabalho foi em 2011, na Rádio Gospel de São Paulo (FM 90,1) onde participava de um programa esportivo da emissora.

Michele Marino foi sepultado no domingo no Cemitério Parque dos Ipês, na cidade de Itapecerica da Serra.


FONTE: Terceiro Tempo / Futebol Interior
#Compartilhe essa notícia: